Por que o meu Wi-Fi está lento?

Os motivos que deixam seu  Wi-Fi lento podem estar bem na sua frente

Você já notou que o seu Wi-Fi está lento? Os motivos que impedem seu roteador de entregar todo o desempenho que ele permite podem estar na sua frente, e com alguns ajustes você pode conseguir oferecer um serviço de qualidade.

Para início de conversa, na prática, a capacidade da internet e a velocidade da rede wireless que ele pode atingir geram muitas dúvidas, principalmente se há falhas e dificuldades para alcançar uma boa conexão. Existem diversas razões que podem estar influenciando o seu baixo sinal de Wi-Fi, e o SemSenha discute neste artigo alguns deles.

Assim, é preciso entender que o sinal do Wi-Fi é uma onda de rádio que possibilita a conexão de dispositivos, formando uma rede. Ao utilizar sozinho, é bem possível que o alcance do aparelho seja potente. Porém, ao compartilhar como muitos usuários a história pode ser bem diferente. Muitas vezes, ficamos frustrados pela baixa velocidade ou alcance da internet, e isso acontece frequentemente com quem oferece Wi-Fi grátis em estabelecimentos, mesmo utilizando um gerenciador de hotspot como o SemSenha.

Afinal, o que leva minha Internet a ficar lenta?

Discutimos em artigo anterior que é necessário, além de um link adequado de internet, ter um aparelho correto para o fornecimento do sinal de Wi-Fi (não deixe de conferir este artigo). Na mesma proporção, o posicionamento do mesmo é fundamental para um correto alcance. Mas, mesmo se atentando a estes requisitos, você ainda pode se deparar com o baixo alcance da sua rede. Eis alguns fatores que podem estar influenciando para este resultado:

  • Os inimigos de um bom sinal de Wi-Fi

Certifique-se que no local onde você colocou seu aparelho não existam os famosos “inimigos” do sinal Wi-Fi como aquários, barreiras metálicas, espelhos, paredes, vidros temperados (como o Blindex) e até mesmo uma tela LCD. Estes são objetos que enfraquecem o sinal da rede, uma vez que se trata de superfícies que são altamente atenuantes. Devido à proximidade com tais objetos, o sinal pode acabar se enfraquecendo e não alcançando a sua total potência.

Outros itens que podem atrapalhar o correto funcionamento do Wi-Fi: água, forno micro-ondas, transformadores elétricos, outros dispositivos sem fio , azulejos  e ambientes muito fechados.

  • Entenda o número de pessoas conectadas

É preciso, de fato, calcular uma média de pessoas utilizando a rede de Wi-Fi ao mesmo tempo. Quanto mais pessoas utilizarem, é necessário um melhor aparelho e posicionamento do mesmo, uma vez que quanto mais próximo do equipamento menos a chance de interferência externa. Não espere ter toda velocidade da internet disponível se entre seu dispositivo e o roteador tem vários obstáculos.

  • Cabos e conectores

É importante verificar a qualidade dos cabos e conectores , muitos problemas podem ser evitados com essa verificação. 

  • Repetidores

A maioria das pessoas acredita que o uso de repetidores vai resolver os problemas do sinal de Wi-Fi, porém não é isso o que normalmente acontece na prática. Para um repetidor cumprir seu papel de maneira efetiva, também precisa de um sinal de qualidade ou, no melhor do cenários, estar conectado a rede via cabo. Caso uma dessas condições não esteja disponível o repetidor não conseguirá melhorar um sinal.

  • Canais

Em regra geral, se o seu problema é o alcance do sinal, recomendamos configurar a sua banda para 20 MHz (megahertz). Se seu problema é velocidade recomendamos utilizar apenas a frequência de 5.8 GHz e estar próximo e sem obstáculos de seus roteadores. Estas são configurações simples, presentes em quase todos roteadores profissionais e domésticos da atualidade.

Portanto, antes de culpar sua internet, ou mesmo o aparelho que usa, certifique-se de checar todas essas questões. Estes são problemas corriqueiros que podem atrapalhar, e muito, o desempenho do seu sinal de Wi-Fi.

Este artigo foi útil para você? Conheça outras soluções e leia outras curiosidades no blog do SemSenha.

Leave a comment